Atrás do Crime - conquistando os leitores do Brasil

Atrás do Crime - book trailer

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Histórias de Sítio e outras Estórias


   Meu pai é um perfeito contador de causos. Todos reais, segundo ele, e acredito que sejam mesmo. Numa dessas histórias, ele era um adolescente, cavalgando para casa por uma ruazinha de chão, estreita, iluminada pela lua (sim, não havia e ainda não há luz naquela estrada). Para que a história seja bem-detalhada, melhor dizer que ele morava no meio do nada, entre sítios nem sempre ocupados e o vizinho mais perto residia a incríveis dez quilômetros. Talvez mais, quem é que mediria as distâncias naquele fim de mundo?

   Então, numa noite em que era guiado pelo cavalo, pois ele mesmo não enxergava um palmo na frente do nariz, eis que o sinistro ocorreu.

   Num trecho rodeado por capim Santa-Fé (meu pai o sabia pelo farfalhar específico das folhas ao vento), o cavalo de súbito parou.

   “Vem bicho grande por aí”, pensou, achando por bem soltar as rédeas para que o cavalo assumisse o controle, caso fosse necessária uma fuga. O cavalo deu um passo à frente e se arrepiou todo.  A respiração do animal ficava mais ofegante à medida que se aproximava do capinzal. Passo por passo era dado com muito receio, até que disparou, correndo sem controle.

   O cavalo só parou em casa. O pelo úmido, puro suor.

   “Que bicho que assustou o cavalo, pai?”

   “Até hoje não sei. Não vi nada... mas que era grande, ah, isso era!”